UNICEF passa a aceitar doações em criptomoedas

By 11 de outubro de 2019 Bitcoin, Criptomoedas

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) passou a aceitar doações de criptomoedas, mais especificamente doações de Ether (ETH) e Bitcoin (BTC). As doações serão recebidas através do recém fundado Fundo de Criptomoedas da UNICEF.

As informações são do site TechShout.

As primeiras contribuições ao Fundo de Criptomoeda da UNICEF serão recebidas da Ethereum Foundation e beneficiarão três donatários do seu Fundo de Inovação e um projeto coordenado pela iniciativa GIGA para conectar escolas de todo o mundo à Internet.

“Este é um empreendimento novo e emocionante para a UNICEF. Se as economias e moedas digitais têm o potencial de moldar a vida das próximas gerações, é importante explorar as oportunidades que elas oferecem.”

“É por isso que a criação do nosso Fundo de Criptomoeda é um passo significativo e bem-vindo no trabalho humanitário e de desenvolvimento”, disse Henrietta Fore, diretora executiva do UNICEF, em comunicado.

Quando a organização beneficente receber uma doação em criptomoeda, ela não vai trocar o ativo digital por uma moeda nacional. Em vez disso, a companhia vai guardar o Bitcoin ou o Ether e enviará os fundos para uma causa de caridade da mesma forma que foram recebidos.

Ou seja, praticamente toda a transação, do ponto inicial até o destino final, vai ser realizada com as criptomoedas. Além de dar mais liberdade para os beneficiários da doação, isso demonstra uma aceitação mais completa dos ativos digitais para esse caso de uso.

Aliás, a utilização das criptomoedas para doações é um caso de uso muito interessante. Ao contrário das moedas fiduciárias, que facilmente podem ser desviadas do destino final, afinal passam por vários mediadores, o Bitcoin e o Ether não podem “simplesmente sumir.”

Como é bem divulgado sobre as vantagens das criptomoedas, você não pode enganar a Blockchain.

Uma doação de 1BTC feita para UNICEF, pode ser rastreada do começo ao fim. Mesmo que ela seja fragmentada e enviada para outros pontos. Esse tipo de transparência é fundamental para fundos de caridade e para a credibilidade de seus projetos.

Outro ponto interessante é que a UNICEF é uma organização de grande porte e a sua escolha em confiar nas criptomoedas traz ainda mais seriedade para o mercado como um todo.

O lançamento do Fundo de Criptomoeda da UNICEF faz parte do trabalho contínuo da organização com a tecnologia Blockchain.

Fonte: guiadobitcoin.com.br